quarta-feira, 11 de junho de 2014

Mesa Redonda entre os Blogs. E se perfumes lembrassem pratos da culinária?

Bom dia cheirosos!

Voltamos a nos reunir sobre um tema em comum e este foi: compare perfumes com pratos da culinária. Quando conversamos sobre isso chegamos à conclusão que seria complicado um perfume ser comparado à uma lasanha, pizza ou um cachorro quente, por exemplo. Excluindo os perfumes da icônica Demeter (que faz perfumes com os cheiros mais estranhos, tais como poeira, pântano, chuva, sangue e por aí vai), acredito que que vai ser uma ode ao universo gourmand. 

Bora ter uma descarga insulínica?

Primeiro da lista que me veio em mente:

1. Blue Sugar, da Aquolina.
Não tinha como não pensar nesse belo exemplar da gulodice alheia. Conhece pudim com MUITO caramelo, caramelo queimadinho??? Pois se farte com um belo prato de pudim acompanhado com um chá de anis e temos o Blue Sugar. Doceeeeee de dar cáries e provocar hipoglicemia de rebote, engorda só de senti-lo. Mas é delicioso, ahhhh isso é!

Pudim de caramelo com um toque de anis engarrafado. 
2. Pink Sugar, Aquolina

É obrigatório colocar o Pink aqui na listinha. É praticamente um mergulho dentro de uma máquina de algodão doce. Tão doce quanto Blue, mas mais afiado ainda. Te deixa com cheiro de infância passado em parques de diversão. Resenhei ele a algum tempo aqui no blog.

Algodão doce líquido. Dá vontade de comer!

3- Womanity, Thierry Mugler

Sentar em uma bela mesa sob uma figueira tendo o mar como paisagem para degustar torradinhas salgadas com geleia de figo! A polêmica nota de caviar eu não sinto como cheiro de peixe mas sim, dá um tom salino, oceânico, acentua o lado doce da geleia. Como todo Mugler, é do tipo ame ou odeie. Não preciso nem dizer que eu amo. 

Comendo torradas com geleia de figo à beira do mar. 
4- Gaultier² - Jean Paul Gaultier

Ahhh, meu amadinho!!! Como eu amo esse perfume! Pra mim lembra comer crème brulée com passas ao rum (acho que nem existe essa receita, mas que tem passas ao rum, tem!) em frente à uma lareira queimando âmbar. Confortável, denso, licoroso. Tenho dois frascos (caso raro, só faço estoque de perfumes que definitivamente moram no meu coração) e morro de medo que terminem, afinal, é descontinuado. Ô titio Gaultier, que pecado tirar essa maravilha das prateleiras!

Crème Brulée + passas ao rum + lareira com âmbar. Mais confortável e quentinho impossível.
5. I Love New York for All, Bond No 9

Já resenhei nos posts chocolatando-se e não poderia ficar de fora. Dia gelado + um belo e delicioso Mocaccino com MUITO chocolate. Perfume invernal por excelência, dá vontade de abrir o frasco e beber! #aloka. Uma alternativa mais em conta para ele é o Rebelle, da Rihanna. 

Moccacino embasado.

Vamos enriquecer a experiência com as percepções dos blogs amigos??


Dênis em 1 Nariz
Mariana em Estante Perfumada
Cassiano em Perfumart
Vanessa em Van Mulherzinha
Dâmaris em Village Beauté

Bjxxx de K-Pax


19 comentários:

  1. Diabetes feliz, através de seu post! Jardim de delícias acariciantes, acho que vc conseguiu abordar 3 sentidos: olfato, paladar, tato!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho aquele jeito meio despachado, mas acho que me fiz entender!

      Excluir
  2. Muito bom, Carla! E o melhor é que, tirando o Pink Sugar, tenho todos os perfumes citados nas suas comparações. Delícia que engorda só de ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Cassiano, e pensar que eu vivo de dieta a anos....então, os perfumes alimentam a minha gulodice!

      Excluir
  3. Essa mesa redonda está me dando fome de doce.... preciso conhecer este Eu amo NY aí. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que eu dou jeito nisso, pode deixar!!!!

      Excluir
  4. Carlinha que fome de perfumes que me deu! Este crème brulée com as adoráveis passas ao rum de Gaultier...hummm. Estou aqui imaginando toda aquela doçurinha picante.Que delícia! E você continua tentando minha curiosidade sobre o Rebelle...Novas experiências olfativas a vista! Beijocas de Elisabeth

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois Beth, ele não é dooooceee, mas lembra um creme contido no açúcar, mas com aquele doce licoroso das passas ao rum. É esse exato cheiro que sinto!
      Quanto ao Rebelle, é necessário provar na pele porque ele pode ficar mais floral e sem centua o chocolate. Felizmente, na minha, ficou o irmão desgarrado do Bond!

      Excluir
    2. Pele é assim mesmo. A minha "curte" pimentas, flores amadeiradas, fragrâncias verdes e na minha irmã as doçuras ficam maravilhosas.Um tiquinho só de diferença no DNA e ....

      Excluir
  5. Adorei a associação do Womanity( frasco fofo),perfeita! Figo com água salgada,toque que também sinto desse modo, nada de peixe, ainda bem! Esse deu vontade de comer.
    E eu não conheço esses "Aquolinas", só ouço falar! E os imagino sempre tão doces, tão doces, mais do que qualquer que conheço. Dia desses tiro a prova. Confesso que fiquei curiosa com a mistura de pudim ( de leite, que amo) com anis! Deve ser muito bom!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Li, mesmo que tu não curta dulcíssimos, conhecer o Blue Sugar é necessário. E daí tu pensa "como pode ser masculino"??????
      Nem eu acredito, mas tenho um amigo amado que tem (presente meu), adooora e realmente é até perigoso ficar perto. Dá vontade de lamber o pescoço!

      Excluir
  6. Lindo post Carla! Conheço todos perfumes que fosse citou e concordo com as associações em gênero, número e grau! Perfeito! Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fui nos conhecidos até pq conheço poucos nichos. mas quase coloquei o Opoponax aqui, ele me cheira a quentão cremoso!

      Excluir
  7. ai menina, quase que ia falar no womanity, mas ô perfume polemico viu...rs
    mas poderoso, sem duvida.
    to in love com o blue sugar, o dani meu deu amostrinha...:) adoro essa notinha de anis.
    louca pra sentir o gaultier 2...sera q realmente lembra o altamir?
    ps: estou com o ambre gris hoje e lembrei de vc. super tua cara, menina!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, Womanity é Mugler, e como todo Mugler, perigoso de se comprar no escuro.
      Blue sugar é praticamente se atirar dentro de uma calda queimadinha de pudim mascando funcho (que pra mim lembra muito a nota de anis)
      E, minina...tu não conhece o Gaultier² ainda??? É 100000x melhor que o Altamir, está entre os 5 mais amados. Simplesmente sou viciada nele e tenho um frasco guardado e outro em uso. As vezes pego algum desapego dele e compro, não posso ficar sem.

      Excluir
  8. Quentão cremoso pra mim é o Covet, da SJP. Perfume de São João!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu vê, Covet fica Chocolate alavandado na minha pele! O que é a química, coisa impressionante. Quentão MESMO quem me lembra é o Oppoponax. Que perfume, amor do meu coração!

      Excluir
  9. Na mosca sua definição do Womanity! Na mosca! E, menina, tenho uma amostrinha do Gaultier aqui e preciso bebê-la pra ontem! Curiosidade bateu fundo agora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Van, bebe, bebe! Eu sinto literalmente o que descrevi dele ali. Não é doce, mas é sim ultra licoroso, por isso uva passas ao rum. Ou um licor com uvas.

      Excluir

Apimente o PV, seu comentário é muito importante!