sexta-feira, 18 de julho de 2014

Resenha do Jernê: Joop Le Bain



Ahhh, Le Bain...
Iremos adentrar e esmiuçar um perfume que é um dos meus top 5. Sim, mesmo entre perfumes mais caros, raros, nichos, ele é essencial no meu armário. 

Acredito que a dois anos atrás, em uma troca com a Li do Parfuns et Poesie, ainda no Orkut, a mesma me apresentou vários perfumes dentre os quais desejei imediatamente. E Le bain estava entre as amostras. Na época era descontinuado, raríssimo de se encontrar, no Brasil nem fumaça dele. Pois consegui pelo ebay, a muito custo....e plim, 3 meses depois o bichinho retorna ao Brasil e, pasme, barato! Joop, eu te amo!

Como ele é um dos que mora no meu coração, nunca o consegui resenhar. Eu travo, literalmente. Um perfume mutante, muda muito conforme o tipo de pele que deita.  Pois novamente o querido Jernê nos iluminará com uma resenha estupenda, publicada no Fragrantica. 

Mais um perfume que tive sede o suficiente para procurá-lo e me saciar em sua fonte, por apenas ouvir sobre! Lutei, resisti e vivi Joop! Le Bain passo a passo pela forma mutante como se revela a cada andadura de sua evolução, desde o momento em que ele é empunhado nas mãos, antes mesmo da tampa ser removida, até o último resquício de sua constante modificação assombrosa em contato com pH da pele, esteja ela ácida, neutra ou básica.

Para início de conversa Joop! Le Bain é uma criação conjunta dos perfumistas que criam grandes perfumes para o Grupo Coty, dentre eles estão Michel Almairac, Shopie Labbe, Francis Kurdjian e Michel Girard, profissionais de peso e dotados de muita responsabilidade que atuam no mundo da perfumaria. Sabe-se que Joop! Le Bain é um jovem seguro de si mesmo, já têm mais de 23 anos de idade, caminha com suas próprias pernas e dá o recado que tem em seu caráter de forma contrastiva, dependendo do lugar por onde passa/escorre. 

Há um conglomerado polissêmico nas notas que compõem este estrambólico perfume... Sua saída é um mar de cítricos que nos leva a uma cerimônia de casamento eminentemente “hippies”, mas ao mesmo tempo você consegue se perceber num passado um pouco mais distante com alguns Aldeídos flutuantes e borbulhados por uma sensação de “quero mais vida”; sua evolução até seu coração parece retardar ou nem existir por conta da inconstância que o perfume reflete sobre a pele, horas parece estar lá, horas parece que você não está usando nada e horas parece que você está com uma bomba, sem seguir uma sequência lógica; suas Rosas são orvalhadas tal como no Chloé EDP, só que elas se tornam viris quando levam uma paulada de Cedro bruto e caem num jardim de Jasmim-Criança e se encontram com Sândalos-Médicos que vão lhe erguer e tratar, a fim de encaminhar ao seu ápice “camaleônico”, ou seja, sua base.

ingredientes do mimoso
 Sua despedida é duradoura e sensacional porque as Rosas já curadas são enfincadas num cordão de Favas Tonka amarradas aos talos de Patchulis ressecados pelo sol da meia-noite lá do Norte da Noruega, e todas essas amarras são embebidas por leves aspersões de Baunilhas crocantes juntadas a Almíscar vegetal; uma combinação hiper diferenciada e que deu certo, por não resultar em algo estridente que não se possa usar, mas num aroma bem elaborado que para além de mutante consegue se comportar e ser cerce com presença e prestígio. A fixação é acima de 7 h tranquilamente e sua silagem oscila a ponto de desaparecer completamente, em alguns momentos, definitivamente Joop! Le Bain é um perfume para ser apreciado com calma e persistência, senão... #oremos!
Dedico esta resenha ao meu Nobre Amigo Rodriguez e a minha eterna doçura CarlaB79 (euzinha, no Fragrantica)

É ou não é de babar? Fico sem palavras, não tenho esse brio poético para escrever. Dá até invejinha, rsrsrs.  Gosto tanto deste perfume que o próprio Jernê me chamada de Carla Le Bain. 

Outros Blogs já falaram dele. Reiterando, todas diferem entre si. Em algum momento terei coragem de resenhá-lo. Dê uma passadinha no Village Beauté, A louca dos Perfumes e no Perfume na Pele.

Bjxxx de K-Pax

3 comentários:

  1. Nem sei o que dizer sobre! Bjs milhões para vc e obrigado mais uma vez pela confiança!

    ResponderExcluir
  2. Muito ruim, tem cheiro de remédio todos que sentem o cheiro acham ruim.

    ResponderExcluir
  3. Deve ser seu nariz, Névit.

    ResponderExcluir

Apimente o PV, seu comentário é muito importante!